Armadilha com Pássaro no Parque das Dunas

Notícias Comentários desativados em Armadilha com Pássaro no Parque das Dunas

g30gaiola02

Na manhã do dia 10 de março de 2010, durante uma ronda de rotina pela área do Parque das Dunas, nossos seguranças localizaram uma gaiola com um canário preso, tratava-se de uma armadilha caseira (foto ao lado). O animal estava visivelmente nervoso e voava pelo cárcere com certa voracidade, sua liberdade havia sido limitada a aproximadamente 30 centímetros.

Algumas pessoas talvez não saibam, mas capturar animais silvestres é crime ambiental. Segundo o Art. 29 da Lei Nº 9.605/98: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies da fauna silvestre nativa ou em rota migratória sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, resulta em pena de detenção (seis meses a um ano) e multa.

Em caso de tráfico ou guarda doméstica, segundo o Art. 11 do Decreto Nº 3.179/99, o infrator será penalizado em R$500,00 (quinhentos reais) de multa por unidade, com alguns acréscimos que podem atingir marcas de três a cinco mil reais de acordo com o grau de ameaça da espécie.

Calcula-se que o tráfico de animais silvestres retire, anualmente, cerca de 12 milhões de animais de nossas matas; outras estatísticas estimam que o número real esteja em torno de 38 milhões.

Após achar a armadilha e fazer o registro fotográfico, o pássaro foi solto a alguns metros do local onde foi encontrado. São fatos como este que comprovam a necessidade da implantação do Parque das Dunas, que protegerá o ecossistema de dunas, lagoas e restinga do Abaeté contra ações criminosas que algumas pessoas praticam na área.

Vídeo sobre a matéria: http://www.youtube.com/watch?v=B9DZad4ufmI

fonte: http://www.ibama.gov.br/

texto: Felipe Santana