Resgate e soltura de animais silvestres

Notícias Comentários desativados em Resgate e soltura de animais silvestres

O resgate e afugentamento de fauna busca minimizar e/ou mitigar os impactos decorrentes da implantação ou ampliação de empreendimentos sobre a fauna silvestre, sendo comumente exigida como condicionante ambiental pelo órgão licenciador para empreendimentos que exista a necessidade de suprimir vegetação nativa.

O intuito básico é afugentar os animais para uma área preservada antes e durante a supressão. Os animais que não são afugentados, ou os que se machucam no processo da supressão, são resgatados e passam por avaliação médica veterinária no Centro De Triagem de Animais Silvestres (CETAS) ou Posto de Atendimento Provisório, a ser instalado, preferencialmente, no local da obra. A avaliação clínica subsidiará a tomada de ação, seja sua reabilitação ou a soltura dos animais aptos em área já definida e aprovada pelo órgão ambiental.

O resgate e afugentamento de fauna é de extrema importância para manter a biodiversidade encontrada no Brasil, o país tem uma grande biodiversidade animal, com uma importância ecológica imensurável. É importante frisar que esse trabalho deve ser realizado por profissionais habilitados e treinados.

O Parque das Dunas por suas características ambientais singulares, constituído de ecossistemas naturais conservados, sendo um dos últimos remanescentes com tamanho expressivo na Região Metropolitana de Salvador, torna-se um refúgio importante para nossa biodiversidade, sendo uma área apta para soltura de animais silvestres.

Toda vida importa!
#fauna
#gratidão
#salvamento
#fiqueemcasa
#oparquedasdunasenosso

Texto e fotos: @adriellibahiense
Bióloga e voluntária no Parque das Dunas

WhatsApp Image 2020-06-17 at 21.25.14 (1) WhatsApp Image 2020-06-17 at 21.25.14 (2) WhatsApp Image 2020-06-17 at 21.25.14