UNIDUNAS projeta travessia de animais silvestres no bairro de Stella Mares

Notícias Comentários desativados em UNIDUNAS projeta travessia de animais silvestres no bairro de Stella Mares

g531trechotravessia

Através da criação do Parque das Dunas, a Universidade Livre das Dunas – UNIDUNAS, protege cerca de 6 milhões de metros quadrados do último ecossistema urbano de dunas, lagoas e restinga do país, promovendo atividades de educação e proteção ambiental. Desta vez, a instituição projeta a construção de uma travessia subterrânea para animais silvestres, que vai interligar as dunas de Praias do Flamengo com as do Abaeté, separadas pela construção da Alameda da Praia. A construção do corredor tem como objetivo zelar pela conservação da fauna local.

O biólogo Rogério Carvalho, que presta serviço voluntário no Parque, faz parte da equipe idealizadora do projeto. “Preferimos usar o modelo subterrâneo de travessia por se tratar de uma área onde a borda não possui uma vegetação tão alta”, afirma Carvalho. Segundo o biólogo, bichos como raposas, gatos-do-mato, lagartos de restinga como teiús e iguanas, marsupiais e serpentes utilizarão o corredor ecológico. Além disso, o vai túnel evitar o atropelamento de animais na rodovia.

O Parque das Dunas abrange uma poligonal de aproximadamente 6 milhões de metros quadrados, da região do Abaeté às Praias do Flamengo. A área é cortada no bairro de Stella Mares pela Avenida Dilson Jatahy Fonseca, mais conhecida pelos moradores da localidade como Alameda da Praia.

A estrutura foi projetada por um equipe especializada de engenheiros e arquitetos contratados. “Foi feito um estudo de viabilidade preliminar e já estamos submetendo o projeto à Prefeitura Municipal de Salvador para seguirmos todos os procedimentos legais”, afirma Jorge Santana, presidente da UNIDUNAS. “Sempre buscamos alternativas que venham conservar ainda mais nossas dunas”, conclui.

Por Felipe Santana