UNIDUNAS, SENAI e PRONATEC lançam novos cursos gratuitos

Notícias 1 Comment

g198g121materiasenai

Depois do sucesso do primeiro curso de Agente de Fiscalização Ambiental, a UNIDUNAS e o SENAI resolveram repetir a dose contando agora com a nova parceria do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). Os cursos lançados são de Auxiliar de Agente de Fiscalização Ambiental e Bombeiro Civil, que estão beneficiando 160 alunos de escolas públicas de Lauro de Freitas, São Cristóvão e Itinga. Os jovens estão cursando ou terminaram este ano o Ensino Médio e foram selecionados através de uma prova aplicada pelo SENAI.

A implantação dos cursos partiu da crescente necessidade de profissionais capacitados na área de Meio Ambiente em toda a Bahia. O presidente da UNIDUNAS, Jorge Santana, contou que capacitar estes jovens é gratificante, pois eles têm muita força de vontade para aprender e almejam ter uma profissão. “É um sonho realizado poder qualificar jovens para atuar na área de Meio Ambiente. A demanda é muito grande e eles poderão atuar na construção civil, hotelaria, indústria e agropecuária”, disse.

Segundo o diretor da UNIDUNAS, Lutero Maurício, os profissionais formados nesta turma poderão atuar na área de inspeção ambiental. “Eles devem identificar ruídos excessivos, impactos ambientais, risco potencial à saúde pública e ao meio ambiente, além de outras funções”, explicou.

As aulas estão sendo realizadas no Parque das Dunas, que é administrado pela UNIDUNAS e está inserido na APA (Área de Proteção Ambiental) de lagoas, dunas e restinga do Abaeté. O local foi considerado ideal para o curso, pois hoje é um laboratório natural de Biologia, onde se podem encontrar oito lagoas perenes, cerca de 10 intermitentes, orquídeas, lagartos, corujas, cobras, além de uma mata fechada com árvores de até 20 metros. “Eles aprendem na prática todo o conteúdo dado na teoria. Temos todos os atributos indispensáveis para o curso”, revelou Jorge Santana.

Na próxima semana todos os alunos farão uma caminhada para conhecer parte dos cinco milhões de metros quadrados que fazem parte do Parque das Dunas. “Estamos ansiosos por esta visita, eu adoro a natureza”, revelou a aluna Ariele dos Santos. Os alunos do curso de Agente de Fiscalização Ambiental que fizeram a trilha interpretativa também recomendam. “Jorge sempre fala que é importante conhecer pra preservar, isso é verdade, depois que a gente conhece desperta mais esta vontade de conservar”, contou a aluna do primeiro curso lançado pela UNIDUNAS, Edna do Rosário.

Os alunos que estão iniciando o curso de Auxiliar de Agente de Fiscalização Ambiental vão colaborar com aqueles profissionais nos estudos das alternativas para destinação de resíduos sólidos e devem estar atentos à exposição dos funcionários que podem estar em risco.

O diretor acadêmico dos cursos realizados pelo SENAI e a UNIDUNAS, Givaldo Reis, acrescentou que os profissionais formados no Parque das Dunas poderão atuar em prefeituras, condomínios e shoppings. “Eles devem promover a educação ambiental, acompanhar o consumo de água e direcionar os resíduos sólidos”, contou Givaldo.

Ele disse ainda que com a Nova Política Nacional de Resíduos Sólidos, sancionada no dia 02 de agosto de 2010, aumenta a oferta de emprego, já que a lei propõe melhorar a gestão do lixo a partir da divisão de responsabilidades entre a sociedade, poder público e iniciativa privada. “Como existe uma maior fiscalização e preocupação com esses resíduos vão existir mais empregos na área de meio ambiente”, explicou Reis.

Este curso será finalizado em 20 de dezembro, mas segundo a professora de Gestão Ambiental, Maria Cecília, as lembranças vão ficar pra sempre. “Foi uma experiência inédita na minha vida e sem dúvida muito proveitosa. Aqui, em contato direto com a natureza, você pode despertar o interesse pela conservação”, contou a professora, que disse ainda passar esta experiência para todas as turmas que leciona.

As aulas dos cursos lançados em 28 de novembro serão finalizadas em março de 2012 e quem quiser conhecer o Parque das Dunas é só agendar no site www.unidunas.com.br. Mais de 40 mil pessoas já visitaram o local e cerca de 150 pesquisas científicas foram realizadas.

Por Mariana Sena